Igreja permanece firme após expulsão de metade dos fiéis

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

31 de agosto de 2017.

 

Sob a liderança de uma mulher, cristãos Wixárika que permanecem na aldeia buscam acordo de paz com liderança tribal

A comunidade de cristãos indígenas Wixárika, de Tuxpan de Bolaños, no México, viu sua igreja ser dividida quando cerca de 30 irmãos foram expulsos e evacuados à força. Assim, os que permaneceram têm que seguir adiante sem o pastor (que também foi expulso) e com o templo onde se reuniam sendo oficialmente considerado zona proibida. A igreja havia sido construída em 2010 ao lado da casa do pastor. Agora eles se reúnem na casa da irmã Cenaida Bañuelos Sanchez, que assumiu a liderança do grupo.

A própria Cenaida teve sua família dividida. Seu filho com a esposa e filha de 5 anos estão na capital Bolaños (no galpão onde o grupo que foi expulso está vivendo). O marido e a filha permanecem com ela. Cenaida e seu grupo têm tentado construir pontes com os novos líderes tribais recentemente eleitos. Ela os convidou para sua casa e ofereceu à comunidade 180 gorditas (um tipo de tortilha recheada com carne ou queijo), como uma forma de substituição ao tributo que teriam que pagar.

Os cristãos sabiam que o dinheiro seria gasto com práticas das quais eles discordam, por isso tentaram uma estratégia diferente ao invés de simplesmente se recusar a pagar. Eles esperam que esse gesto seja bem recebido e ajude a construir um bom relacionamento com a nova liderança. Depois disso, foi marcada outra reunião entre os líderes da igreja e os oficiais da tribo para discutir que mudanças podem ser feitas para uma convivência mais harmoniosa.

Revista Portas Abertas
A edição deste mês aborda a realidade dos cristãos indígenas no México e na Colômbia. Ainda não recebe a nossa revista? Cadastre-se e fique mais próximos daqueles que compartilham da nossa fé, mas não da nossa liberdade.

Quer fazer mais por eles?
Há um projeto voltado ao fortalecimento dos nossos irmãos indígenas que são perseguidos. Saiba mais como você pode ajudá-los a permanecer firmes na fé.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||