Igreja é atacada por quase 2 mil pessoas

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

26 de setembro de 2017.

No dia 23 de abril, às 9 da manhã, 30 monges budistas, juntamente com parte da população local, cercaram as instalações de uma igreja na cidade de Devinuwara, no distrito de Matara, no sul do Sri Lanka. A multidão ameaçou a vida dos cristãos, tomou as Bíblias das mulheres e avisou que ia destruir a igreja se as celebrações não fossem interrompidas. O pastor não estava presente no momento em que o ataque aconteceu.

Depois disso, o pastor recebeu informações confiáveis ​​de que havia outro ataque planejado. Em 18 de maio, cerca de 1.500 a 2.000 pessoas, lideradas por dezenas de monges budistas, realizaram uma grande manifestação na área: as lojas fecharam e bandeiras negras foram penduradas na cidade. Mais uma vez ameaçaram destruir a igreja. O protesto foi bem organizado e foi feito com o conhecimento da polícia local. O incidente foi gravado e colocado no Facebook. No dia 21 de maio, durante o culto dominical, cerca de 5 mulheres entraram na igreja e interromperam a celebração gritando e ameaçando a vida dos cristãos.

O Sri Lanka ocupa o 45º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2017. Os grupos budistas radicais ainda estão muito presentes no país, mas atualmente pararam de atacar as minorias religiosas. No entanto, os mobs (grupos geralmente liderados por monges budistas) continuam interrompendo as atividades da igreja. Uma nova ênfase no budismo como religião predominante parece surgir na nova Constituição.

Pedidos de oração

  • Ore pelas comunidades cristãs e pela Igreja Perseguida no Sri Lanka. Peça por proteção e consolo do Senhor.
  • Interceda pelos perseguidores da região. Que eles conheçam o amor de Deus revelado em Jesus Cristo e sejam transformados pelo Espírito Santo.

·Coloque em oração os governantes do país para que sejam cheios da sabedoria que vem do verdadeiro Deus.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||