Governo de Punjab volta a reconhecer casamentos cristãos

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

30 de janeiro de 2019.

Casamentos cristãos mais uma vez serão reconhecidos oficialmente e registrados em Punjab, a maior província do Paquistão. A Suprema Corte do Paquistão decidiu, em 16 de janeiro, que o governo de Punjab deve reconhecer esses casamentos e que o banco de dados do registro nacional deve emitir certidões de casamento para cristãos em Punjab.

De acordo com a agência de notícia Fides, o líder cristão, Shahid Meraj, explicou que “a ação judicial começou em 2018, pelo fato de casamentos celebrados por cristãos não terem valor legal e civil, isso foi considerado grave”.

O governo de Punjab reconhecia casamentos cristãos sem problemas até 2013, segundo Kashif Aslam, da Comissão Nacional por Justiça e Paz. Naquele ano, o Paquistão estabeleceu um nível do governo local chamado Conselho da União, e a província de Punjab interrompeu o registro de casamentos cristãos. As razões, de acordo com a decisão, foram em grande parte burocráticas, mas em última instância, sem base legal, escreveu o presidente da Suprema Corte, Mian Saqib Nisar, em uma de suas últimas decisões antes de se aposentar.

“É um movimento muito bom da Suprema Corte, mas levará muito tempo para esclarecer tudo”, declarou outro líder cristão, Mario Rodrigues, à agência Fides.

Pedidos de oração

  • Agradeça ao Senhor porque cristãos poderão novamente ter seus casamentos reconhecidos.
  • Peça para que mais mudanças legais sejam realizadas.
  • Apresente os cristãos do Paquistão, para que estejam com sua fé firmada em Cristo.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||