Funeral cristão organizado em família de origem budista

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

27 de dezembro de 2017.

Sunny e seus pais são tibetanos e vieram de uma família budista na China. Eles se converteram a Jesus, mas o pai de Sunny veio a falecer. Ele foi o primeiro membro da igreja da líder cristã tibetana Teresa a falecer, mas antes da sua morte havia pedido que organizassem um funeral cristão para ele.

A líder cristã diz: “achei um desafio lidar com essa situação”. De acordo com a cultura tibetana tradicional, quando um tibetano morre os ritos budistas devem ser feitos em seu enterro. Para os tibetanos, isso é muito importante, pois afeta toda a família. Mas como o pai de Sunny pediu um funeral cristão, a igreja concordou em fazer seu primeiro funeral tibetano cristão.

Sunny começou a servir e liderar na igreja depois de participar de um treinamento bíblico coordenado pela Portas Abertas e desde então se comprometeu mais e mais. Ele compartilhou a palavra com seu pai, que abraçou a verdade e entregou a vida a Jesus. Teresa temia que Sunny não suportasse a pressão familiar inevitável que viria de sua família se revelasse a fé cristã dele e de seu pai.

Coragem de Sunny é testemunho para outros cristãos
Enquanto Sunny e seu pai eram cristãos, nenhum de seus irmãos ou irmãs acreditava em Jesus. No dia em que o pai de Sunny faleceu quase toda a família foi visitá-lo, incluindo o tio mais velho e o mais novo. Em muitas famílias são os tios que têm a autoridade de decidir os detalhes do funeral e, naturalmente, ambos concordaram em fazer um funeral dentro da tradição tibetana. Mas Sunny se opôs e declarou que ele e seu pai eram cristãos e queriam fazer um funeral cristão.

Os tios relutaram com a ideia do funeral cristão, mas felizmente concordaram que a igreja poderia organizar o funeral para o pai de Sunny. Teresa admirou a coragem do filho por resistir à opinião da família e disse: “Foi muito corajoso da parte dele abertamente contar para a família que é cristão. Isso é um ótimo testemunho e encorajamento para os outros irmãos e irmãs em Cristo”. (Leia a continuação dessa história amanhã)

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||