Famílias cristãs são perseguidas de todas as formas

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

03 de dezembro de 2015.

 

"Ataques a ônibus, locais de trabalho e instituições educacionais têm aumentado nos últimos dois anos"

No mês passado, homens armados invadiram a casa de um cristão, ex-muçulmano, no Quênia, e levaram embora toda a sua família. De acordo com informações da Morning Star News: "O cristão está sendo perseguido de todas as formas, os radicais islâmicos já tentaram machucar seu sogro com uma faca, agora levaram embora sua esposa e seus dois filhos, uma menina de 4 anos e um menino de 7".

"Os cristãos no nordeste e na região costeira do Quênia enfrentam enormes desafios. Os ataques a ônibus, locais de trabalho e instituições educacionais têm aumentado nos últimos dois anos, o que acarretou na morte de 148 estudantes da Universidade de Garissa, no último mês de abril", comenta um analista da Portas Abertas.

Ainda segundo o analista, o desafio para os ex-muçulmanos convertidos ao cristianismo é muito grande. "A luta deles é diária, seus parentes e vizinhos também são seus perseguidores, e fazem de tudo para dificultar suas vidas. Muitos até frequentam a mesquita às sextas-feiras para evitar maiores confusões. Outros cristãos abandonaram a cidade de origem e vivem como deslocados, da pior maneira possível. A paz que eles buscam tem um preço muito alto, mas alguns preferem pagar para não serem obrigados a voltar para o islã. Precisamos orar por eles, para que tenham forças de seguir em frente", conclui o analista.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||