Famílias cristãs mexicanas enfrentam grande pressão

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

27 de junho de 2016.

 

Os moradores de Mariano Matamoros devem renunciar a sua fé, segundo os líderes do governo ou terão que ir embora

Relatórios da Portas Abertas indicam que as autoridades de Chiapas, um dos Estados do México, continuam pressionando as famílias cristãs a deixarem suas moradias simplesmente por não compactuarem com as crenças religiosas da comunidade local e também por não efetuarem o pagamento das festividades realizadas por eles. Os moradores de Mariano Matamoros devem renunciar a sua fé, segundo os líderes do governo ou terão que ir embora. A solicitação está em desacordo com o 24º artigo da Constituição Mexicana que protege a liberdade de consciência e de religião.

Em 2009, essa situação já se repetiu sistematicamente, afetando mais de cem pessoas, sendo que um terço era de crianças. As autoridades ameaçam cortar os serviços de água e esgoto, confiscar ilegalmente propriedades, negar serviços de saúde e até agir com violência física. Essas medidas vêm sendo tomadas frequentemente contra as famílias cristãs, até que elas não suportam mais a situação e se vêm obrigadas a partir.

Há três anos, os lotes de terra onde essas famílias cultivavam milho, café e frutas, durante muitos anos, foram confiscados. As autoridades chegaram ao ponto de emitir um decreto proibindo transações econômicas com eles, quem desobedecesse teria que pagar uma multa de 5 mil pesos (cerca de 280 dólares). O México ocupa o 40º lugar na atual Classificação da Perseguição Religiosa e o número de registros de incidentes violentos contra os cristãos é cada vez maior. Em suas orações, interceda pela igreja mexicana.

Fonte: Porta Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||