Estado Islâmico liberta 22 de mais de 150 cristãos sequestrados

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

12 de agosto de 2015.

 

O Estado Islâmico libertou 22 de dezenas de cristãos assírios sequestrados em vilarejos no nordeste da Síria neste ano, informou um grupo de monitoramento nesta terça-feira.

Não ficou claro quantos assírios continuam em poder dos militantes ultrarradicais, mas Rami Abdulrahman, chefe do Observatório Sírio para os Direitos Humanos, sediado em Londres, disse que a facção continua a deter mais de 150 deles.

O grupo raptou mais de 200 assírios em fevereiro, quando seus combatentes atacaram mais de uma dezena de vilarejos habitados pela antiga minoria cristã perto de Hasaka, cidade do nordeste de maioria curda.

Afram Yakoub, chefe da Federação Assíria da Suécia, confirmou a libertação e disse que todos os cativos libertados são idosos e idosas.

Abdulrahman afirmou que um resgate foi pago, mas Yakoub o negou. “Alguns têm problemas de saúde, então acreditamos que eles os soltaram por causa de problemas de saúde e por serem idosos”, declarou Yakoub à Reuters por telefone.

“A libertação é um pequeno sinal de esperança, nos dão alguma esperança de que algum dia os restantes serão libertados.”

Fonte: Reuters.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||