Estado Islâmico libera 37 cristãos sírios

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

07 de novembro de 2015.

Os terroristas do Estado Islâmico (EI) liberaram este sábado (7) 37 cristãos sírios que haviam sido sequestrados em fevereiro deste ano na província síria de Hasaka, segundo informou a Sputnik um representante dos sírios no Líbano, padre Sargon.

"O Estado Islâmico libertou hoje 37 pessoas da nossa comunidade", revelou indicando que dentre os libertos a maioria é de mulheres.

Todavia, Sargon não informou a maneira pela qual os sequestrados conseguiram chegar a um acordo com os terroristas.

O EI, anteriormente conhecido como o "Estado Islâmico do Iraque e Levante", concentrava suas operações na região da Síria, contudo, em junho de 2014 o grupo estendeu suas atividades para as áreas ao norte e oeste do Iraque.

Após a rápida expansão, o movimento extremista proclamou um califado nas áreas controladas e tem como objetivo ampliar sua área de influência com células que operam em diferentes países do Oriente Médio, tais como Líbia e Iêmen, assim como também em vastas regiões do norte da África.

Ao final de fevereiro, os jihadistas do Estado Islâmico lançaram uma ofensiva contra várias aldeias sírias na província de Hasaka, capturando mais de 250 cristãos.

Fonte: Sputnik.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||