Estado Islâmico destrói mosteiro e sequestra cristãos na Síria

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

21 de agosto de 2015.

 

Militantes do Estado Islâmico demoliram um monastério na província de Homs, no centro da Síria, disse nesta quinta-feira um grupo que monitora o conflito, em uma cidade localizada estrategicamente que o grupo jihadista tomou do governo no início deste mês.

O grupo também transferiu várias dezenas de cristãos, capturados durante a sua ofensiva, para um local perto de sua fortaleza no nordeste da Síria, afirmou o grupo de monitoramento.

Militantes usaram escavadeiras para destruir o mosteiro na cidade de Qaryatain, que eles haviam tomado no início de agosto, de acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, baseado na Grã-Bretanha.

Aviões de guerra do governo ainda alvejavam a área com ataques aéreos, duas semanas após o Estado Islâmico tomar a cidade, disse o observatório.

Qaryatain está perto de uma estrada que liga a antiga cidade romana de Palmira às montanhas Qalamoun, ao longo da fronteira com o Líbano.

O grupo militante radical vem ganhando terreno nas áreas desérticas a leste e sul de Homs, depois que tomou Palmira em maio.

Fonte: Reuters.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||