Estado irá controlar ensinamentos islâmicos na Síria

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

28 de outubro de 2018.

O presidente da Síria, Bashar al-Assad, assinou uma lei que regulamenta os ensinamentos islâmicos, que agora serão controlados pelo estado. A nova lei objetiva impedir a expansão de ideologia radical islâmica no país, principalmente de doutrinas que incentivam o uso de violência contra líderes islâmicos considerados como não sendo suficientemente religiosos.

Uma analista de perseguição da Portas Abertas explica que o novo regulamento aumenta a autoridade do Ministério de Dotações Religiosas (MRE, da sigla em inglês). Segundo a analista é uma tentativa de impedir que líderes muçulmanos tirem vantagem de plataformas religiosas para propósitos políticos, muitos dos quais podem apoiar grupos militantes de oposição ao governo.

A analista observa que, por um lado, o presidente parece estar aumentando seu controle sobre a população muçulmana sunita, mas por outro pode estar tentando usar o islã para unificar o país profundamente fragmentado. Se a segunda opção for verdadeira, poderia levar os cristãos a se sentirem ainda mais indesejados na Síria no futuro. Ore para que os desdobramentos políticos levem à paz na Síria e interceda pela Igreja Perseguida do país.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||