Está cada vez mais difícil ser cristão em Bangladesh

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

29 de janeiro de 2016.

 

A Constituição prevê a liberdade religiosa, ao mesmo tempo que declara o islã como religião oficial do Estado

O último ano foi muito difícil para os cristãos de Bangladesh, por que o país passou por uma grande instabilidade política, muitos tumultos e o crescimento do extremismo muçulmano. Embora a conversão não seja proibida por lei, cristãos convertidos do islamismo ou budismo enfrentam forte pressão de seus familiares por negarem sua fé islâmica.

A Constituição prevê a liberdade religiosa, ao mesmo tempo que declara o islã como religião oficial do Estado, sendo assim, existem muitas leis islâmicas regendo o país. A perseguição tornou-se mais violenta e, atualmente, alguns cristãos foram mortos por jovens que fingiram ter interesse na fé cristã. Muitos líderes têm sido ameaçados, mas continuam com suas atividades em igrejas domésticas.

A Portas Abertas tem atuado na vida desses cristãos fornecendo Bíblias, literatura cristã, alfabetização para suas crianças e treinamentos para que eles possam lidar com a perseguição. Além disso, oferece também apoio jurídico e psicológico para aqueles que passaram por algum trauma. Neste mês, haverá um treinamento básico para 120 alfabetizadores de cinco regiões. Contamos com a sua oração para que este evento tenha êxito.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||