El Salvador: Extrema violência também atinge os cristãos

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

19 de junho de 2016.

 

A quantidade de mortes de cidadãos comuns levanta sérias questões sobre as circunstâncias dos incidentes

Atualmente, a violência em El Salvador, um dos países da América Central, tem impressionado com seus números. A nação que tem cerca de 6 milhões de habitantes, exibe uma taxa de 103 homicídios para cada 100 mil cidadãos. Para efeito de comparação, no ano de 2014, a taxa do Brasil foi de 29 homicídios para cada 100 mil, sendo que a população tem um pouco mais que 200 milhões de habitantes.

Só no ano de 2016, mais de 2 mil pessoas morreram de forma violenta, 600 apenas no mês de março. Isso quer dizer que o número de homicídios subiu 78% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O governo já perdeu o controle da violência causada pelas gangues de El Salvador. Execuções extrajudiciais se destacam, além da impunidade e agora a liderança do país se vê diante de um grande desafio: preservar o Estado de direito da nação.

Os cristãos são os mais vulneráveis e se encontram praticamente na mesma situação dos cristãos do México, Colômbia, Argentina e Cuba, que lutam para manter a igreja num país que está cada dia mais entregue ao crime organizado e ao narcotráfico. Ore pelos cristãos nesses países.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||