EI liberta dez cristãos assírios no nordeste da Síria

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

25 de novembro de 2015.

 

O grupo Estado Islâmico (EI) libertou, nesta terça-feira, dez cristãos assírios que haviam sido sequestrados em fevereiro, no nordeste da Síria - anunciou o Observatório Assírio de Direitos Humanos.

Essas dez pessoas, entre elas cinco mulheres, foram soltas "graças aos esforços da Igreja assíria oriental", acrescentou o observatório.

Os reféns faziam parte de um grupo de mais de 200 membros dessa minoria religiosa sequestrados em fevereiro pelo Estado Islâmico durante sua ofensiva na província de Hassaké.

O EI libertou muitos deles em diferentes levas, mas cerca de 150 membros do grupo continuavam em poder dos extremistas.

A libertação foi confirmada pela ONG Rede Assíria para os Direitos Humanos.

Uma das mais antigas comunidades convertidas ao Cristianismo, os assírios somavam 30.000 na Síria, o correspondente a pelo menos 2,5% do total de 1,2 milhão de cristão nesse país, até o início do conflito, em 2011. A maioria morava em uma área de cerca de 30 povoados na província de Hassaké.

Fonte: AFP.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||