Efeitos da prisão sobre os cristãos perseguidos

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

01 de fevereiro de 2018.

Darya é uma jovem que foi evangelizada por um grupo de cristãos em sua cidade. Assim que se converteu, ela começou a participar da evangelização e plantação de igrejas. Quando a reunião de um grupo de cristãos foi interferida pelas autoridades, Darya diz que, de alguma forma, ficou decepcionada com o Senhor. “Por que ele não nos protegeu disso?”, perguntava-se.

Quando os cristãos foram soltos, Darya se decepcionou ao encontrá-los. “Eu esperava encontrar meus velhos amigos da igreja ainda mais apaixonados e ativos já que estavam livres para evangelizar. Mas, em vez disso, encontrei-os deprimidos e silenciosos, sem o desejo de servir o Senhor. O sofrimento deles também teve um grande efeito sobre mim”.

Darya, juntamente com Saman* (que havia compartilhado a palavra com ela e sido presa pouco tempo depois, como contamos ontem), foi convidada a se juntar ao programa de aconselhamento pós-trauma para ex-prisioneiros organizado pela Portas Abertas. “Por si só o convite já nos encorajou. Apenas o fato de que alguém estava pensando em nós e queria cuidar de nós já foi suficiente”, diz.

Ela é grata pelos benefícios que o aconselhamento trouxe para sua vida, dizendo: “É tão bom ver meus companheiros da igreja aqui. Eu vejo como eles estão revigorados e como a fé está melhorando. A minha também”. Ore para que haja mais testemunhos como esse, de cristãos perseguidos e presos no Irã recebendo a cura e o renovo do Senhor.

*Nomes alterados por segurança.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||