Desafios dos jovens cristãos do Brunei

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

02 de março de 2018.

Brunei é um país muito pequeno no Sudeste Asiático. É o lar de 54.800 cristãos, o que representa um pouco mais de 10% da população majoritariamente muçulmana. Está na 26ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2018. As igrejas crescem num ritmo lento, em parte devido à pressão que enfrentam por parte das autoridades.

O departamento de pesquisas da Portas Abertas levantou o perfil de 27 jovens bruneanos cristãos de cinco igrejas diferentes. Quando perguntados sobre os desafios que enfrentam como jovens em sua nação, 62% responderam que o maior desafio é a restrição de não poder expressar a fé abertamente. Os outros 38% disseram que é a pressão da sociedade, para se converter ao islamismo e para se encaixar na sociedade.

O Brunei aprovou a sharia (conjunto de leis islâmicas), o que torna ilegal para os cristãos compartilhar o evangelho com outros. Em contrapartida, o país encoraja e oferece todo tipo de ajuda aos que se convertem ao islã. Ore para que Deus dê aos jovens cristãos perseguidos sabedoria para lidar com esses desafios. Clame também para que Deus levante líderes de jovens que possam ajudá-los a se fortalecer na fé e orientá-los a fazer a diferença na sociedade.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||