Dependência da Graça de Deus

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

20 de setembro de 2018.

Nadia é uma mulher de 35 anos que perdeu o marido, Nabil, com 45 anos. No final do ano de 2016, ele morreu tentando evitar um homem bomba de atacar sua igreja em Cairo, no Egito. Agora, ela tem três filhos para criar sozinha. Ainda assim, a atmosfera em sua casa é de alegria e não de medo. Antes da morte do marido, Nadia ia a igreja apenas uma vez por mês, mas agora vai quase todos os dias.

Apesar de ser o local onde seu marido morreu, as memórias ao invés de afastá-la, dão motivos para continuar. A força de Nabil e sua disposição de morrer por Jesus a inspiram. “Meu marido sempre falava que nós vivemos pela graça de Deus, que ele nos dá. E mesmo passando por momentos difíceis, temos experimentado a verdade disso. Deus está muito perto de nós, experimentamos diariamente sua paz”, conta.

Marian, a filha mais velha do casal, acrescenta: “As pessoas me perguntam porque eu pareço tão feliz mesmo com essas circunstâncias. Como eu faço isso. Então eu digo a elas que eu não faço nada. Não sou eu, é ele em mim”. O Egito ocupa a 17ª posição na Lista Mundial da Perseguição 2018 com os 50 países onde é mais difícil ser cristão.

Pedidos de oração

  • Ore por Nadia e seus filhos, para que seu testemunho alcance mais pessoas para Cristo.
  • Peça que o Senhor continue suprindo em todas as suas necessidades.
  • Interceda pela igreja no Egito, que eles sejam fortalecidos pelo Espírito Santo.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||