Cristãos turcos ainda suportam guerras vigentes no país

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

23 de setembro de 2015.

Apesar do acordo da Turquia com os EUA, sobre o uso da base aérea turca no Incirlik, o governo turco não está sendo transparente em sua campanha contra o Estado islâmico. A aviação turca voltou a atacar os rebeldes curdos.

Segundo o analista da Portas Abertas: "O governo turco ainda é totalmente contra o regime sírio do presidente Bashar al-Assad. Ele considera o Estado Islâmico como o grupo mais eficaz para derrubar os sírios, e também para eliminar os curdos. A Turquia, por sua vez, não quer nem tocar no assunto, já que tem a mesma intenção”.

As consequências desses fatos afetam bastante os cristãos na Síria e no Iraque. Eles continuam na mesma situação, sofrendo perseguição religiosa e ataques violentos. O analista comenta que os cristãos que fugiram para a Turquia não voltarão para suas casas tão cedo. Mas, apesar disso, eles continuam orando a Deus pelas suas nações.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||