Cristãos são atacados por conta da instabilidade política

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

17 de outubro de 2015.

 

Pelo menos duas pessoas ficaram feridas depois que supostos jihadistas atacaram cristãos em Burkina Faso, na África Ocidental. De acordo com a reportagem da BBC, o motivo do ataque se deu por conta da instabilidade política e social no país.

Informações locais testemunharam o momento em que os agressores invadiram a delegacia de polícia e declararam: "Não há mais policiais, daqui para frente será apenas o Boko Haram. Nós queremos apenas os cristãos e vocês serão poupados".

Relatórios da Portas Abertas informam que o general Diendere, responsável por um golpe militar de sete dias, rendeu-se às autoridades e será julgado por um tribunal militar. O presidente interino, Michel Kafando, foi reintegrado depois de uma intervenção conjunta dos líderes do Oeste Africano.

Um dos analistas de perseguição explica: "Burkina Faso está passando por uma fase difícil, e os cristãos estão na mira dos terroristas. É o sexto golpe de estado que o país enfrenta desde a sua independência da França, em 1960. Esse é um momento em que os seguidores do cristianismo deverão buscar forças em sua fé". Interceda por essa situação, que os nossos irmãos encontram forças em Cristo.

 

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||