Cristãos refugiados enfrentam dificuldades no Camboja e Vietnã

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

16 de julho de 2015.

 

Cenário virou objeto de análise dos Direitos Humanos

No mês passado, a ONG Human Rights Watch publicou um relatório chamado "Perseguindo a religião 'Evil Way' - Abusos contra montanheses no Vietnã", destacando a situação de grande dificuldade de refugiados cristãos, tanto os que residem nos planaltos do Vietnã, quanto os que procuram asilo no Camboja.

Daniel, analista de perseguição da Portas Abertas Internacional, comenta: "Durante pelo menos um ano tivemos vários relatos de cristãos montanheses das províncias vietnamitas de Gia Lai e Kon Tum que tentaram escapar da perseguição fugindo para o Camboja. Lá, alguns asilos foram concedidos aos montanheses, mas muitos outros foram desativados. Apesar da pressão diplomática e dos esforços internacionais da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), essas dificuldades ainda precisam ser resolvidas. Isso mostra como é a realidade desesperadora para a minoria étnica de cristãos no Vietnã. Além disso, o Camboja está tentando aumentar seu controle sobre a sociedade civil e também tem mostrado um novo projeto de lei que restringe o trabalho de ONGs, conforme relatado pela Radio Free Asia, também em junho."

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||