Cristãos podem ser obrigados a receber educação islâmica

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

24 de setembro de 2015.

 

Em uma declaração recente, na abertura da conferência islâmica que aconteceu em Brunei, o ministro internacional para assuntos religiosos, reiterou a importância da educação islâmica para o desenvolvimento de uma sociedade pacífica.

Segundo os relatórios da Portas Abertas: “Brunei é um dos países menos conhecidos no sudeste asiático e ganhou um certo destaque quando o sultão (título de líderes religiosos islâmicos) anunciou a introdução da sharia em três etapas. Embora a introdução completa do segundo nível ainda esteja pendente, a recente observação do ministro da Educação mostra que o Estado dá ênfase ao islã”.

O analista de perseguição da Portas Abertas questiona: “Levando em conta que cerca de 16% dos cidadãos não são muçulmanos, eles serão obrigados a receber educação islâmica também? Sendo assim, Brunei será vista como mais uma ilha muçulmana, e isso não está de acordo com a realidade. Como será a vida para os cristãos que vivem lá?”

Pedidos de Oração
• Em suas orações, peça a Deus para que dê estratégias para os cristãos de Brunei permanecerem na fé em Cristo, apesar das mudanças no país;
• Ore para que os políticos favoreçam as minorias, de alguma forma;
• Peça também para que haja paz em Brunei, apesar de todas as dificuldades.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||