Cristãos perseguidos no norte do Iraque criam empresas

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

07 de novembro de 2015.

 

A Portas Abertas está ajudando os cristãos refugiados no Iraque com a criação de pequenas empresas e com formação profissional

Milhares de iraquianos cristãos fugiram de Mossul e Bagdá para o ‘relativamente seguro’ norte do Iraque. Eles escaparam da violência e tumulto na esperança de um novo futuro. A Portas Abertas apoia o projeto de alguns desses para que iniciem e sejam capazes ter uma renda para sustentar a família. Os microcréditos e formação profissional têm provado ser uma boa ferramenta para incentivá-los a permanecer no seu país, além de estimular e encorajas esses refugiados.

Funcionou? Essa é sempre a questão a avaliar nesse tipo de microcréditos a novos empreendedores. Aos 51 anos, Malik* foi um dos beneficiados e abriu uma pequena mercearia. A loja fica em uma pequena aldeia cristã perto de Mossul, a antiga Nínive. É próximo da fronteira entre o Iraque e o Curdistão. Toda a loja não tem mais de 30 metros quadrados. Nas prateleiras, artigos de necessidades básicas diárias. Passando os olhos pela loja, Malik explica o quanto o programa de microcrédito e formação ajudou toda a sua família. E, além da loja, o cristão recebe uma ajuda do governo por ser veterano de guerra e ex-prisioneiro de combate. "Ainda assim, não é fácil cuidar de minha família", aponta.

Para ele, a esposa e os quatro filhos ainda é um desafio ter dinheiro para abastecer a própria despensa e alimentar a família adequadamente. Ao ser questionado sobre o futuro, ele responde com grande confiança em Deus: "Futuro? Ninguém a não ser o Senhor conhece o futuro. Tenho visto muitas coisas no Iraque. Eu acredito em Jesus, e tenho esperança e fé que as coisas vão melhorar."

*Nome alterados por motivos de segurança.

Esperança para a igreja no Iraque e Síria
Todos os dias, vemos e ouvimos nos meios de comunicação histórias de refugiados, e sabemos que eles precisam de nossa ajuda e de nossas orações. É por esse motivo que convidamos você a participar do Domingo da Igreja Perseguida (DIP), um dia de intercessão pelos cristãos perseguidos ao redor do mundo.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||