Cristãos no Egito enfrentam perseguição severa

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

17 de novembro de 2016.

 

A crise econômica e política agrava a situação do cristão que é hostilizado e perseguido no país

Um dos maiores ataques realizados por militantes islâmicos no Egito, aconteceu nesse mês, num posto de controle, na província do Norte do Sinai, que resultou na morte de 12 soldados egípcios. O exército do país teve o apoio das forças aéreas para se defender. O incidente alerta para o fortalecimento do Estado Islâmico em terras egípcias. Os ataques têm ocorrido com mais frequência e o governo tem se mostrado incapaz de proteger a população.

Recentemente, o que já era difícil, piorou consideravelmente. Uma série de ataques extremistas destruiu igrejas, propriedades e casas de cristãos. A perseguição religiosa que os cristãos egípcios enfrentam há anos e, hoje, com mais intensidade, unicamente por seguirem a Jesus Cristo, nos faz querer apoiá-los para que suportem tudo em amor.

O correspondente da Portas Abertas no local enviou uma mensagem dizendo que, apesar de todo o quadro de conflito, a situação é calma porém delicada para o cristão no Egito. Acompanhe o relato:

“Queridos irmãos e irmãs, muito obrigado pelo seu apoio em oração por nós cristãos e pelo Egito. O dia está se aproximando do fim e tem sido relativamente pacífico aqui. Embora os convites para grandes protestos fossem sérios e todas as forças de segurança estivessem em alerta máximo, porém, além de algumas poucas multidões menores, não foram relatados conflitos sérios ou ataques mortais. Por favor, continue levantando um clamor pelo Egito em suas orações. Estamos passando por dias muito difíceis. Apenas na semana passada, a nossa moeda (libra egípcia) perdeu 48% do seu valor e os preços de gás subiram 30% em um único dia. Os preços dos alimentos também aceleraram. A situação econômica é tão difícil e os próximos dias serão tão dolorosos para todos os que estão no país. A crise econômica está atingindo aos cristãos também. Empregos são escassos e em muitos casos aos cristãos são negados empregos apenas por sua fé. Essa semana, um dos nossos irmãos cristãos nos enviou essa imagem (foto) de uma nota de 20 libras em que alguém escreveu: boicote aos Nazarenos, boicote aos cristãos.

Por favor, orem pelos cristãos do Egito para que eles possam brilhar para o Senhor, mesmo nos tempos de crise, perseguição e medo. Este versículo tem estado na minha mente, durante toda a semana: "Em tempos de desgraça eles não se secarão, em dias de fome eles vão desfrutar de abundância" Salmos 19:37.

Motivos de Oração

  • Clame ao Senhor pelo cristão que está no Egito. Muitos deles são trabalhadores de outras nações que vão atrás de empregos e uma vida melhor e, por isso, são perseguidos no país.
  • Ore pela economia e política do Egito. Que as condições melhorem para todos, sobretudo para os cristãos, que têm enfrentado perseguição severa no país. 
  • Ore sempre pelo perseguidor. Que ele veja a luz de Cristo brilhando através da vida e do testemunho de cristãos e se converta.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||