Cristãos indonésios são atacados novamente

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

21 de janeiro de 2016.

 

As perseguições vindas de grupos radicais islâmicos estão aumentando a cada dia

Na Indonésia, pelo menos sete pessoas morreram e outras seis ficaram gravemente feridas, durante os ataques ocorridos na última semana, em Jacarta, capital do país. Houve uma série de atentados à bomba e um tiroteio que atingiu cinco dos agressores, que também morreram. A polícia local já confirmou que eles estavam envolvidos com o Estado Islâmico e agora continua em busca dos outros membros do grupo.

O Departamento de Polícia Nacional disponibilizou reforço para a segurança de várias cidades próximas, incluindo aeroportos e prédios do governo. O presidente, Joko Widodo, declarou que condena o ataque e pediu a todos os cidadãos para manter a calma e que não tenham medo de ataques terroristas. O povo, porém, não se sente seguro com as palavras do líder que só decepcionou desde que foi eleito.

Para os cristãos, que fazem parte das minorias religiosas do país, a situação é ainda pior. "As perseguições vindas de grupos radicais islâmicos estão aumentando a cada dia, além disso, há muita burocracia para que uma igreja cristã seja registrada, podendo nem dar certo ou então sofrer ataques violentos. Desde 2014, mais de 50 igrejas foram atacadas, muitas delas até destruídas por esses grupos", comenta um dos analistas de perseguição. Ore pelos cristãos indonésios.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||