Cristãos idosos são expulsos de Mossul

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

13 de janeiro de 2015.

 

No dia 7 de janeiro, dez cristãos idosos chegaram à cidade de Kirkuk, no Iraque, depois que militantes do grupo Estado Islâmico os expulsaram de Mossul por se recusarem a se converter ao islamismo

O grupo passou dois dias viajando para Kirkuk, uma área sob o controle das forças curdas Peshmerga, depois de serem expulsos de sua moradia temporária em Mossul, onde todos residiam depois que o Estado Islâmico forçou sua retirada de casa.

"Eles nos tiraram de nossas aldeias e casas para ocupá-las. Fomos todos agrupados em uma residência em Mossul. Conseguimos sobreviver graças à ajuda de algumas famílias muçulmanas, que nos trouxeram comida e o que mais fosse necessário. Então, em algum momento, militantes do califado nos disseram que só poderíamos continuar lá se nos convertêssemos ao islamismo. Eu recusei e lhes disse que se quisessem, podiam me mandar embora", disse Rachel, uma das anciãs à agência de notícias Fides.

Mantenha a Igreja viva no Iraque
Nos últimos meses, a maioria dos cristãos fugiu do Iraque, principalmente de Mossul. Milhares têm sido forçados a abandonar suas casas somente com a roupa do corpo, deixando tudo para trás. Os poucos que permaneceram precisam de abrigo, alimento, água e remédios. A Igreja no Iraque precisa de socorro emergencial. Ajude-a!

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||