Cristãos filipinos estão cautelosos devido aos crescentes riscos

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

27 de setembro de 2016.

27-mulher-orando-adorando-filipinas

A hostilidade com os fieis tem sido cada vez mais elevada e aqueles que pregam o evangelho correm sério risco de vida

Depois dos recentes ataques aos cristãos filipinos, as igrejas estão evitando os trabalhos de evangelização voltados aos muçulmanos. A hostilidade com os fieis tem sido cada vez mais elevada e aqueles que pregam o evangelho correm sério risco de vida. Em Mindanao, segunda maior ilha das Filipinas, a tensão entre o governo e os rebeldes muçulmanos tem colocado a igreja em uma posição cada vez mais delicada.  

No final do ano passado, nove agricultores cristãos de Mindanao foram sequestrados e mortos e, esse ano, muitos líderes cristãos que atuam nas pequenas ilhas já foram ameaçados. Já em Bangsamoro, a “Lei Básica” (um ato que prevê a abolição da Região Autônoma Muçulmana de Mindanao), os cristãos, especialmente os ex-muçulmanos, poderão experimentar uma perseguição ainda pior nas mãos dos líderes religiosos do islã.

A cada dia que passa, os muçulmanos estão conquistando autonomia e os grupos rebeldes estão unindo seus propósitos e suas ações como o foco sempre voltado para os cristãos, na tentativa de extinguir com a igreja existente no país. Mas a igreja mantem seu foco em Jesus, e segue evangelizando apesar das barreiras e das dificuldades. Em suas orações, interceda pela Igreja Perseguida nas Filipinas.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||