Cristãos enfrentam ataque do Boko Haram em Camarões

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

17 de maio de 2019.

No sábado, dia 11 de maio, militantes do Boko Haram atacaram a vila de Gossi, na região do extremo norte de Camarões. Felizmente, nenhuma vida foi perdida, mas os extremistas conseguiram causar grandes danos às propriedades de maioria cristã já desmoralizada. É válido lembrar que, embora Camarões não esteja na Lista Mundial da Perseguição 2019, a nação compõe o grupo de países em observação, ocupando a 56ª posição.

No final da noite de sábado, os militantes invadiram a vila enfrentando os militares que ali trabalham. “Depois disso, o grupo desceu contra a população. As pessoas estavam correndo em desordem. Quando os aldeões deixaram suas casas, os agressores atearam fogo nelas. Eles também incendiaram celeiros e outras propriedades", relatou a fonte que permanece anônima por razões de segurança.

No momento em que eles recuaram, após o apoio militar chegar de Mokolo, por volta das 3 horas da manhã, os militantes saquearam e incendiaram 60 casas (pelo menos 50 delas pertencentes a cristãos). Eles também roubaram 11 lojas e duas motos, e danificaram duas igrejas. Na igreja Full Gospel Mission o grupo incendiou o prédio, danificando parte das paredes e do telhado, enquanto destruíam os bancos dentro da igreja. Os instrumentos musicais da igreja foram danificados severamente.

Além de atear fogo a uma cadeira de madeira na igreja Christ in Nations, os atacantes não conseguiram incendiar o prédio porque não havia muitos produtos inflamáveis lá. Em vez disso, danificaram instrumentos musicais e vandalizaram outros itens. Um líder da igreja na área disse à Portas Abertas por telefone: “Estou feliz e grato a Deus que nenhuma vida foi perdida. Os fiéis me ligaram para dizer que suas casas haviam sido queimadas e que os militantes saquearam muita comida armazenada".

“Os fiéis estão desmoralizados e pensam em sair da região. Nos últimos seis anos, tem sido difícil para eles e muitos até pediram ao oficial da divisão que lhes mostrasse um pedaço de terra em algum lugar onde pudessem se estabelecer até que tudo isso passasse. Mas, eles foram encorajados a ficar e disseram que a segurança seria reforçada. Eles estão cansados”, destacou o líder.

Outro líder da igreja também disse: “As pessoas estão vivendo isto, mas não é fácil para elas. Os militantes saquearam muitas propriedades. Eles até voltaram cedo esta manhã e dispararam tiros. E antes de recuar, eles ameaçaram na língua local que vão retornar. Com tal situação, muitos corações estão fracos. Por favor, ore por nós! Precisamos de suas orações, porque isso nos aliviará”.

Pedidos de oração

  • Peça que Deus dê forças aos militares de Camarões, de forma que impeçam novos ataques às vilas.
  • Interceda pelos líderes da igreja em Camarões, para que eles mantenham a visão de Deus e continuem salvando almas.
  • Peça que o Senhor encoraje e fortaleça seu povo no país, e que a confiança dessas pessoas permaneça e, assim, desistam de fugir.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||