Cristãos chadianos estão deslocados

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

13 de novembro de 2015.

 

O país entrou em estado de emergência após ataques liderados pelo Boko Haram

Ataques liderados pelo grupo extremista Boko Haram, na região do lago Chade, no oeste da África, tornaram-se mais frequentes. Cerca de 40 mil pessoas se deslocaram nas últimas semanas, passando a viver em lugares improvisados. Além disso, no período de cheia do rio, os meios de subsistência foram destruídos, prejudicando ainda mais as condições de vida dos que permaneceram.

O governo aumentou a segurança na região, disponibilizando um grande número de militares, mas os extremistas reagiram com uma nova onda de ataques mortais e suicidas, de forma que o Chade entrou em estado de emergência. Os cristãos estão cercados pela violência, já que a perseguição religiosa também atinge os países vizinhos como a Nigéria, a Líbia e o Sudão.

No total, são mais de 2,5 milhões de pessoas deslocadas por conta dos conflitos, de acordo com o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários. Agora a situação dos migrantes africanos é de grande luta para chegar até a Europa, provocando um alarme internacional.

"Não há qualquer chance de que essas pessoas busquem abrigo mais longe", disse um especialista da Fundação Thomson Reuters. A crise humanitária atingiu a todos, e os cristãos não sabem para onde ir, principalmente por que o país não está preparado para enfrentar a perseguição religiosa dirigida pelo islã. Também falta discipulado para o crescimento na fé e os cristãos carentes não possuem qualquer ajuda econômica. A região também é desprovida de líderes compromissados com a igreja. Clame a Deus por essa nação.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||