Cristão retorna ao islã durante a prisão na Líbia

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

06 de abril de 2017.

 

Não há leis que proíbam o cristianismo na Líbia, no entanto, como o governo sustenta o islã como religião oficial, mudar de crença é considerado uma ofensa grave para as autoridades

A pressão sobre os muçulmanos que se convertem ao cristianismo é muito grande. Na Líbia, por exemplo, que ocupa o 11º lugar na atual Lista Mundial da Perseguição, a sociedade é muito conservadora. Quando alguém abandona o islã para seguir outra crença, é imediatamente rejeitado pela própria família. A intolerância também vem dos amigos e nos locais de trabalho, por isso, normalmente quem decide seguir Jesus, toma essa decisão em secreto. Alguns chegam a deixar sua terra natal para fugir da violência.

Recentemente, um cristão foi preso por militantes, na cidade de Bengasi. Ele era muçulmano, tinha se convertido ao cristianismo e estava enfrentando as consequências. Ele esteve preso desde novembro do ano passado. Fontes locais disseram que ele apenas havia tentado ajudar algumas pessoas através da internet, quando foi descoberto por um grupo extremista islâmico.

Ao ser preso, ele possivelmente foi tratado como os demais cristãos, que são vistos como traidores e apóstatas. Infelizmente, ele não suportou a pressão e, para conseguir libertação, ele retornou ao islã. Oficialmente, não há leis que proíbam o cristianismo na Líbia, no entanto, como o governo sustenta o islã como religião oficial, mudar de crença é considerado uma ofensa grave para as autoridades.

Pedidos de oração

  • Vamos pedir a Deus para esse homem tenha em seu coração a semente de Jesus e que ele possa se conectar com os cristãos novamente e com segurança.
  • Através da Bíblia, sabemos que Pedro foi aceito por Cristo, mesmo depois de tê-lo negado por três vezes. Que o nosso irmão sinta esse grande amor em sua vida e retorne para aquele que é “o caminho, a verdade e a vida”.
  • Ore pela igreja na Líbia e por todos os cristãos perseguidos que enfrentam violência, pressão e hostilidade.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||