Cristão perseguido vence causa na justiça na Malásia

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

03 de fevereiro de 2017.

 

Agora consta sua opção religiosa no documento de identificação; essa vitória foi alcançada por meios legais através de uma apelação judicial

Rooney* é um ex-muçulmano que se converteu ao cristianismo. Recentemente ele recebeu seu documento de identificação atualizado, constando sua opção religiosa. Essa vitória foi alcançada por meios legais através de uma apelação judicial. Ele foi forçado a se converter ao islã ainda quando era uma criança. Sua luta ainda continua para conseguir se casar dentro das tradições cristãs.

Enquanto isso há projetos para fortalecer os tribunais para que continuem seguindo rigorosamente a sharia (lei islâmica). No mês de março haverá mais um debate no Parlamento Malaio para discutir o assunto. Há políticos cristãos participando dessa batalha no país, a fim de conseguir que os cristãos tenham garantidos seus direitos religiosos.

A Malásia é o 31º país na atual Lista Mundial da Perseguição, onde o governo declara ser uma nação islâmica “liberal e tolerante”. Embora o Estado seja secular por definição, o islã tem uma forte influência na vida cotidiana. Cristãos também são muito pressionados em casa, pela própria família e em seu ambiente de trabalho. Devido às crescentes restrições impostas pelo governo sobre as igrejas locais, a Portas Abertas pede oração pelos cristãos malaios que são sedentos de alimento espiritual.

* Nome e foto alterados por motivos de segurança

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||