Cristão é absolvido de blasfêmia em primeira instância

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

29 de janeiro de 2019.

No último dia 15 de janeiro, o cristão Pervaiz Masih foi informado de que estava livre, pois o Tribunal de Sessões de Kassur, na província de Punjab, não conseguiu encontrar provas suficientes de que ele havia insultado o profeta Maomé durante uma discussão com um empresário muçulmano em setembro de 2015.

A absolvição por um tribunal de primeira instância é incomum, pois a maioria deixa as decisões relativas à lei de blasfêmia para as cortes mais altas. É bem provável que esse seja o primeiro caso na história em que um tribunal de primeira instância absolve um cristão acusado de blasfêmia.

O diretor de um centro de assessoria jurídica, Nasir Saeed, disse em dezembro que "por causa das ameaças dos muçulmanos conservadores de linha dura, tribunais de pequenas causas passam sua responsabilidade para cortes mais altas e então leva anos para provar que o acusado é inocente”. A declaração foi feita após dois irmãos cristãos serem sentenciados à pena de morte, por suposta blasfêmia.

O presidente da Associação Cristã Paquistanesa-Britânica, Wilson Chowdhry, disse que há mais 17 cristãos paquistaneses presos por supostamente cometerem blasfêmia, constituindo quase metade dos 40 casos de blasfêmia pendentes no Paquistão.

Pedidos de oração

  • Agradeça a Deus pela absolvição de Pervaiz Masih e ore para que sua justiça seja manifesta nos outros casos de blasfêmia.
  • Ore para que o Senhor fortaleça e sustente os cristãos que estão presos, acusados falsamente de blasfêmia.
  • Interceda pela Igreja Persguida do Paquistão, para que seus direitos sejam preservados.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||