Cristã Fulani é obrigada a escolher entre marido e Jesus

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

28 de agosto de 2018.

Diarraye Diallo, de 34 anos, é uma mulher fulani nascida em uma família muçulmana na Guiné. No ano passado, durante uma campanha evangelística, ela aceitou a Jesus e começou a ser discipulada secretamente por um pastor local. Depois de um tempo, ela já não podia mais esconder a nova fé e contou ao marido, que ficou furioso.

Ele falou que Diarraye teria que escolher entre Jesus e continuar a ser casada com ele, porém ela decidiu permanecer com Cristo. Desde então, foi agredida, humilhada e até mesmo expulsa de casa. Atualmente, está na casa da mãe, uma mulher já idosa, mas que também decidiu se converter ao Senhor.

Elas têm sido discipuladas pelo pastor, mas passam por momentos de dificuldade financeira, já que a família se recusa a ajudá-las com comida, roupas, produtos de higiene pessoal e medicamentos. A igreja tem auxiliado Diarraye e os filhos o quanto pode, mas a situação também é difícil para eles.

Pedidos de oração

  • Ore pelo crescimento espiritual de Diarraye e sua mãe.
  • Peça para que elas reconheçam ao Senhor como um provedor poderoso.
  • Ore também por sabedoria e compaixão para o pastor e a igreja.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||