Coreia do Norte liberta americano que deixou Bíblia em banheiro

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

22 de outubro de 2014.

O americano Jeffrey Fowle, preso na Coréia do Norte em maio depois de deixar uma Bíblia no banheiro de um restaurante na cidade portuária de Chongjin, foi libertado na terça-feira e já retornou aos Estados Unidos.

Fowle, de 56 anos, foi preso por violar as regras de pregação religiosa do regime. 

Embora haja igrejas na Coréia do Norte, elas estão todas sob controle do Estado e o regime totalitário proíbe manifestações independentes de religiosidade.

No mês passado, em entrevista à rede de TV CNN, Fowle fez um apelo por sua libertação, numa entrevista monitorada pelas autoridades norte-coreanas.

Além de admitir sua "culpa" e elogiar o tratamento recebido na prisão, ele pediu desculpas ao regime e ao povo da Coreia do Norte.

Ele foi solto após negociações do governo americano com a Coreia do Norte.

"(Sua libertação)É uma decisão bem-vinda" afirmou o secretário de imprensa da presidência dos EUA, Josh Earnest. 

No entanto, Earnest expressou preocupação com a falta de informações sobre dois outros americanos detidos por Pyongyang.

Matthew Miller foi condenado a seis anos de trabalhos forçados por cometer "atos hostis".

Kenneth Bae, missionário de origem coreana, foi condenado a 15 anos de prisão em 2013 pelo que o governo classificou como conspirações e espionagem.

Ele também está num campo de trabalhos forçados.

Fonte: BBC Brasil.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||