Confrontos internos geram crise na Líbia

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

16 de abril de 2019.

Desde o começo deste mês, a Líbia está em uma profunda crise. O poderoso general Hafter começou uma ofensiva com objetivo de tomar o controle da capital, Trípoli. Como todos, os cristãos também enfrentam dificuldades por causa do conflito. Uma de nossas fontes em Trípoli contou: “Nós estamos bem, mas as pessoas estão com medo”. Outro cristão da capital disse: “As pessoas estão bem, mas a guerra é terrível”. Um cristão mencionou que teme a escassez: “O combustível não está realmente disponível. Estamos com medo que as mercadorias acabem rapidamente”. Já na cidade de Bengasi, onde o general Hafter está no controle há um longo tempo, “tudo está calmo”, um de nossos contatos na cidade disse.

A situação na Líbia é muito instável desde que o chamado Exército Nacional Líbio, sob o comando do general Hafter começou, há cerca de duas semanas, uma ofensiva para “libertar” Trípoli. Isso levou a um conflito pesado nos arredores da capital. Hafter, que já controla grandes partes da Líbia, incluindo o leste da cidade de Bengasi, surpreendeu a todos dentro e fora do país com suas tropas próximas a Trípoli.

A comunidade internacional foi chamada para retenção e expressou grande preocupação. Pesados confrontos armados e ataques de artilharia em áreas residenciais em Ain Zara e Khallat al-Forjan têm resultado em um aumento nos números de desalojados dentro e em torno da capital. De acordo com agências de notícias, milhares de pessoas estão desabrigadas.

Na Líbia, há cerca de 150 cristãos locais. Neste rigoroso país islâmico, conversões do islamismo para o cristianismo não são aceitas. Os convertidos geralmente são cristãos secretos. Há igrejas na Líbia, mas elas são apenas para cristãos estrangeiros que trabalham no país. Há egípcios e cristãos subsaarianos no país e apenas esses grupos têm permissão para se reunir em suas próprias igrejas.

Pedidos de oração

  • Interceda em favor dessa situação, para que essa guerra acabe.
  • Ore em favor dos líbios, para que estejam em segurança durante os confrontos.
  • Peça para que os cristãos locais tenham liberdade para anunciar a paz de Cristo.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||