Como vivem os cristãos iranianos

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

12 de agosto de 2016.

 

Atualmente, no Irã, há mais de setenta líderes cristãos presos por causa de sua fé, sendo tratados como criminosos e submetidos a péssimas condições de vida

Os iranianos convertidos ao cristianismo são considerados impuros para a comunidade muçulmana. Qualquer cidadão iraniano que deixa o islã enfrenta a pena de morte. Igrejas? Quase todas já foram fechadas durante os últimos cinco anos. Só em 2015, pelo menos 108 cristãos foram presos por causa da sua fé, o que contribuiu muito para o funcionamento das igrejas subterrâneas, onde os cristãos se encontram secretamente. Entre os condenados estão Maryam Zargaran que foi presa em 2013 por trabalhar em um orfanato com o cristão Saeed Abedini, que também esteve na prisão e foi libertado em janeiro desse ano. Maryam fez uma greve de fome a fim de protestar a negligência de cuidados médicos e as péssimas condições a que foi submetida no cárcere.

Ebrahim Firouzi foi condenado a cinco anos de prisão em Rajai Shahr, uma cadeia que fica na periferia do Norte de Karaj, no Teerã, considerada umas das piores por seus muitos casos de tortura, abusos e execuções. O pastor Farshid Fathi enfrentou cinco anos de prisão e foi libertado no ano passado. Yousef Nadarkhani também tem um longo histórico de prisões e julgamentos e, atualmente, vem sendo novamente ameaçado pelas autoridades iranianas. Estes são apenas alguns exemplos. Atualmente, mais de 70 líderes cristãos continuam presos no Irã, tratados como criminosos e condenados por "agir contra a segurança nacional".

Eles são nossa família
Cada um deles faz parte da nossa família em Cristo e não podemos deixar que eles vivam como se estivessem sozinhos em seu país. A Bíblia nos diz claramente que somos peregrinos nessa terra e que a nossa pátria está no céu. Podemos estender as mãos para os nossos irmãos perseguidos e orar por eles. Entre os dias 16 a 18 de setembro, acontecerá o Shockwave 2016. Esse ano, o tema será "Família da Fé". Nós somos uma parte dessa família que vive livre de perseguição, porém, há mais de 100 milhões de irmãos sendo perseguidos por decidirem seguir Jesus, em diversos países. Eles contam com a nossa ajuda.

Organize sua reunião de oração e chame o maior número de pessoas que puder. Desafie seus amigos da igreja, da escola ou da faculdade e incentive a sua família a orar por eles. Para participar, faça agora mesmo a sua inscrição. Você vai encontrar todas as dicas e informações no site underground e também terá acesso a vídeos específicos para o evento. Se tiver interesse, também poderá participar do Shockwave Experience que acontecerá no dia 17 de setembro (São Paulo/SP) e no dia 24 de setembro (Recife/PE). Participe e deixe o Espírito Santo unir sua vida à vida dos cristãos perseguidos.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||