Carta de um iraniano fala sobre transformação de vida

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

27 de novembro de 2015.

 

As palavras que você vai ler agora vieram de um cristão que vive no Irã, um país que está na 7ª posição da Classificação de Perseguição Religiosa 2015. O nome dele é Ali, e sua história é bem parecida com a de muitos cristãos brasileiros, a diferença é que ele vive num país onde ser cristão é considerado um crime.

"Amados irmãos, há muitos anos eu estava sofrendo com sérios problemas de saúde, e fazia de tudo para encontrar algum conforto. Eu saía para me divertir com os amigos e bebia muito, e toda noite era uma festa para mim. Eu aparentava ser alguém muito feliz, mas quando voltava para casa, sentia um vazio muito grande, que nenhum dos amigos de balada podia preencher. Minha saúde foi piorando, e a minha solidão também. Ficar sozinho era quase uma tortura. Numa dessas noites solitárias, eu decidi dirigir com a cabeça para fora, gritando para todas as mulheres que eu via na rua e isso chamou a atenção de um jovem que me perguntou: ‘porque você faz isso?’ Eu apenas respondi que era uma diversão".

"Então aquele jovem sorridente disse algumas coisas que me fizeram refletir: ‘alguns anos atrás eu era como você, mas um dia eu percebi que toda essa diversão era correr atrás do vento’. Embora eu não o conhecesse, essa frase foi impactante, e era exatamente como eu me sentia. Eu não confiava nas pessoas, mas ele me inspirou confiança. Viramos amigos e tudo o que ele dizia era como uma retrospectiva da minha vida, e ele descrevia todos os meus pecados".

"Com simplicidade ele resumiu o que estava acontecendo comigo, e disse que o meu problema era estar separado de Deus. Então eu o ouvi falar sobre Jesus. Ele indicou alguns canais cristãos via satélite e eu passei a assistir. Minha mente mudou completamente. Um dia, eu me ajoelhei em frente à TV, e através de uma oração, eu chorei muito e aceite a Cristo como meu Salvador e minha vida realmente mudou dali em diante. Eu encontrei a paz que tanto buscava. Apresentei essa nova vida para alguns dos meus amigos, que hoje também são cristãos, e agora além de amigos somos irmãos em Cristo".

Ore a Deus para que Ali permaneça firme e que consiga resgatar muitas vidas através do evangelho de Jesus.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||