Camarões: Líderes religiosos querem combater o Boko Haram

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

08 de junho de 2016.

 

"Eu concordei em colaborar com o governo, porque a situação não pode continuar assim, devemos nos unir para enfraquecer cada vez mais a influência desse grupo"

Um relatório emitido pelo veículo de comunicação "Voz da América", afirmou recentemente que os imãs (líderes religiosos muçulmanos), estão colaborando com o recrutamento de mais combatentes para lutar contra o Boko Haram. No relatório, um dos recrutadores comentou sobre os atuais sequestros e ameaças que o grupo extremista tem feito. "Eu concordei em colaborar com o governo, porque a situação não pode continuar assim, devemos nos unir para enfraquecer cada vez mais a influência desse grupo". O Conselho Islâmico dos líderes tradicionais e dignitários muçulmanos convocou uma reunião com 200 líderes comunitários para conversar sobre a decisão.

"Parece ser uma boa estratégia do governo, fazer parcerias com os líderes religiosos, já que eles são muito influentes em suas comunidades. Se eles apoiarem a campanha militar, a chance de vencer será muito maior. A mentalidade da população precisa ser unânime e os cidadãos precisam se conscientizar do mal que o Boko Haram está causando, além disso, é preciso reconhecer que a perseguição contra os cristãos e as minorias religiosas está aumentando cada vez mais por conta das ações criminosas do grupo", comenta um dos analistas de perseguição.

Camarões não está na atual Classificação da Perseguição Religiosa, mas já tem uma pontuação alta e ocupa o 60º lugar entre os países que mais perseguem os cristãos. Há anos, o governo tem investido no fechamento de igrejas, embora se declare um país laico e tenha uma população composta por 80% de cristãos. Oficialmente, apenas 47 licenças foram concedidas entre 1990 e 2009, a igrejas e organizações cristãs, porém, os relatórios indicavam cerca de 500 denominações em funcionamento em todo o país. É provável que esse número tenha aumentado desde então. Ore pela igreja em Camarões e interceda pelos cristãos perseguidos.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||