Brunei: Aumentam as dificuldades para pregar o evangelho

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

02 de fevereiro de 2016.

 

Um dos problemas é o baixo número de líderes cristãos para instruir os novos convertidos

Em Brunei, as dificuldades para pregar o evangelho estão aumentando a cada dia. Os cristãos devem agir cautelosamente, já que o país proíbe qualquer outra religião que não seja a muçulmana. O governo adotou a lei sharia como reguladora da sociedade, mas os cristãos insistem em seguir a lei de Deus e continuam avançando na evangelização, mesmo correndo sério risco de vida. Os bruneanos não podem sequer ter uma Bíblia ou construir igrejas.

Desde 2011, a lei islâmica foi totalmente implementada a fim de regular os assuntos civis e agora está sendo estendida para cobrir infrações penais. Isso significa multas em caso de não comparecimento às orações que os muçulmanos realizam de sexta-feira. Com a liberdade cada vez mais comprometida, os novos convertidos se escondem cada vez mais em igrejas subterrâneas, o problema é que não há líderes cristãos o suficiente para alimentá-los com a Palavra.

"Eu quero ver crianças cristãs com base sólida em Cristo, e, para quem não o conhece, que o encontre através de nós. No entanto, para tal ousadia, há um preço a pagar. O governo não gosta de mim. Eles me perseguem sempre. Eu poderia ter deixado o país, mas eu sei qual é o meu papel. Deus tem me chamado para me tornar a Ester desta geração." Declara Joyce*, uma missionária e diretora em uma das melhores escolas de Brunei.

Pedidos de oração

    • Ore para que Deus encoraje e capacite os cristãos bruneanos a compartilhar o evangelho, apesar das restrições.
    • Peça para que o Espírito Santo reavive cada ministério que se formou nesse país e que os novos convertidos encontrem força e coragem para seguir os caminhos de Jesus.
    • Ore também pelas igrejas subterrâneas e peça ao Senhor para que dê ousadia a cada cristão e que novos líderes sejam formados, a fim de ajuda-los a crescer na graça e no conhecimento.

*Nome alterado por questões de segurança.

 

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||