Azerbaijão: Cristãos são liberados de pagar multa

Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

15 de dezembro de 2016.

Líderes são alertados de que não devem realizar reuniões religiosas sem registro oficial com a permissão das autoridades do distrito onde atuam

Há alguns dias, informamos que vários cristãos foram detidos, no Azerbaijão, por participarem de um culto de adoração a Deus. Homens, mulheres e crianças estavam reunidos quando 15 policiais interromperam o culto, levando com eles 26 pessoas para um interrogatório. Na ocasião, todos teriam que pagar uma multa no valor de 1500 manats (moeda azerbaijana), equivalente a 3 mil reais.

O valor é excessivamente alto para eles e causou grande preocupação. Antes do vencimento da data limite para o pagamento, porém, os cristãos foram informados que apenas dois deles terão que pagar a multa, os demais foram liberados. Durante o julgamento, somente os líderes da igreja Mehman Agamamedov e Gamid Shabanov foram multados.

Eles foram informados novamente que não podem realizar reuniões religiosas sem registro oficial com a permissão das autoridades do distrito onde atuam, caso contrário, além das multas, eles podem ser condenados à prisão. Mesmo sob pressão, esses cristãos estão felizes e comentaram que as multas canceladas foram respostas às suas orações.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||