Autoridades invadem as casas de três cristãos no Irã

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

23 de fevereiro de 2015.

 

O Irã continua a reprimir as minorias religiosas em todo o país. Na última semana, mais três cristãos iranianos tiveram suas casas invadidas e muitos de seus bens confiscados pelo serviço de inteligência iraniano

A organização Christian Solidarity Worldwide (CSW) informou que agentes da inteligência iraniana (VEVAK) invadiram as casas de Yasser Mosayebzadeh, Saheb Fadaie e Mehdi Reza Omidi (Youhan) em Rasht, em 16 de fevereiro, e confiscaram as Bíblias, laptops, CDs e literatura cristã.

Durante os ataques, os três homens foram obrigados a se apresentar para a VEVAK no dia seguinte para que respondessem algumas perguntas. A CSW foi informada de que, quando os homens fizeram conforme solicitado, lhes foi pedido para que deixassem o país.

As razões que levaram às invasões ainda não estão claras; no entanto, Mehdi Reza Omidi (Youhan) fazia parte de um grupo de quatro cristãos que, em outubro de 2013, foram acusados de beber álcool durante um serviço de comunhão, e possuir um receptor de satélite e antena. O grupo foi condenado a 80 chicotadas cada. Omidi (Youhan) foi detido anteriormente, em 31 de dezembro de 2012, durante uma ofensiva do governo contra igrejas domésticas.

Outro motivo cogitado para a prisão é o fato de que os três homens são membros da equipe de liderança da igreja dirigida pelo pastor Yousef Nadarkhani, condenado à morte por "apostasia" em 2010 e absolvido em 2012.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||