Ativistas denunciam violência contra cristãos na Nigéria

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

26 de abril de 2016.

 

A ONG Portas Abertas denunciou nesta segunda-feira a existência de uma violência contínua contra a população cristã no norte da Nigéria, que já provocou milhares de vítimas, colocando em jogo a sobrevivência da Igreja nessa região.

"Quando nós citamos os cristãos perseguidos, pensamos no Oriente Médio, no que se passa na Síria e no Iraque. Mas a África é o segundo foco da perseguição mundial, e o primeiro no que diz respeito ao número de cristãos assassinados, principalmente na Nigéria", explicou o diretor das Portas Abertas na França, Michel Vardon, durante uma coletiva de imprensa em Paris. 

Ao menos 7.100 cristãos foram mortos no mundo em 2015 "por razões ligadas à sua crença". Desses casos, 4.028 foram registrados na Nigéria, segundo o relatório anual da ONG, que publica todos os anos, desde 1997, um levantamento sobre a perseguição a esse grupo religioso.

Fonte: Sputnik.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||