Atentados na Nigéria atingem dezenas de cristãos em Jos

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

07 de julho de 2015.

 

A suspeita é que as iniciativas venham do grupo extremista Boko Haram. O mês do Ramadã é conhecido pelo aumento de atrocidades contra minorias religiosas

Fontes confirmaram que os locais atingidos foram um centro comercial, uma igreja e uma mesquita. No dia 5, uma mulher explodiu o próprio corpo, deixando cinco mortos, durante um culto lotado em uma igreja evangélica, no nordeste do país, na região de Jos. Os números chegam a 44 mortos e 47 feridos até o momento.

Acredita-se que os ataques sejam iniciativas do grupo extremista Boko Haram. Só na semana passada aproximadamente 200 pessoas foram mortas. Segundo um colaborador da Portas Abertas, alguns fatores cooperam para os ataques: o novo presidente, Muhammadu Buhari, é muçulmano e faz parte de uma tribo nigeriana de proprietários de terras e colonos famosos por perseguir e matar cristãos. Embora, ele tenha condenado os últimos ataques e ter dito que defende a necessidade de um exército multinacional para combater os extremistas.

O período do ramadã também reforça a existência dos ataques, que aumentam contra as minorias, como a comunidade cristã. Nosso colaborador também informou que as pessoas que saíam dos locais fugindo das bombas, eram alvejadas por tiros.

O Boko Haram assumiu o controle de uma grande área do nordeste da Nigéria no ano passado e declarou controle islâmico. Como aumentaram os ataques fronteiriços, a Nigéria e os países vizinhos implantaram um exército multinacional, que neste ano expulsou o grupo. 

Pedidos de oração
• Ore pelas famílias que perderam seus entes queridos no atentado. Peça também para que eles experimentem o conforto e a misericórdia do Senhor.
• Clame pelos membros da igreja nigeriana; que tenham graça de responder ao ataque de uma maneira prática e bíblica. 
• Interceda para que as autoridades encontrem formas de proteger melhor os cidadãos contra a escalada de violência do Boko Haram.
• A Portas Abertas possui uma base na cidade de Jos. Peça ao Senhor que dê forças a eles e continue os protegendo dos ataques.

Fonte: Portas Abertas.

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||