Ataques contra o governo de Amara provoca clima de incertezas

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

08 de julho de 2019.

Nas últimas semanas, uma tentativa de golpe contra o governo de Amara, na Etiópia foi notícia em alguns veículos da mídia internacional. O golpe mal-sucedido no estado de Amara foi liderado por um oficial militar de alta patente e outros membros das forças armadas na capital do estado, Bahir Dar. Os soldados atacaram um prédio onde acontecia uma reunião de autoridades regionais. Nesse ataque, o governador Ambachew Mekonnen e um assessor, Ezez Wassie, foram mortos, enquanto o procurador-geral, Migbaru Kebede, foi ferido.

Pouco tempo depois, em um ataque ligado ao primeiro, o general militar Seare Mekonnen foi assassinado por seu guarda-costas em sua própria casa. Outro general do exército etíope aposentado que o visitou também foi morto. O ataque em Bahir Dar foi liderado por um brigadeiro renegado que foi preso pelo governo anterior, mas recebeu um perdão do primeiro-ministro Abiy, logo depois que este assumiu o governo.

O governo federal, com a cooperação do governo do estado de Amara, assumiu o controle da região. A maioria dos envolvidos nos ataques foi capturada. Outros, incluindo o brigadeiro, estão sendo procurados.

A capital e maior cidade da Etiópia, Adis Abeba, esteve pacífica no dia seguinte aos ataques no estado de Amara, enquanto soldados montavam guarda na Praça Meskel. A internet em toda a região permaneceu desligada. Políticos e funcionários do governo foram até a casa do chefe do Exército para oferecer condolências à sua família. O Secretário-Geral da ONU, António Guterres, apelou a “todos os etíopes para demonstrarem contenção, prevenir a violência e evitar qualquer ação que possa prejudicar a paz e a estabilidade da Etiópia”.

 O papel do cristão

Diante deste cenário de dor e incertezas, a Portas Abertas convoca os cristãos de todo o mundo a clamar pela Etiópia durante esses dias. Ore por sabedoria e boa governança das autoridades. Lembre-se também da igreja etíope, e peça que eles mostrem um testemunho excepcional durante esta crise. Ore pela proteção do Senhor sobre seus filhos e pela paz na Etiópia.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||