As 104 meninas libertas pelo Boko Haram voltam para casa

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

27 de março de 2018.

 

As 104 meninas libertadas pelo Boko Haram voltaram para suas famílias em Dapchi, no estado de Yobe, nordeste da Nigéria, no último domingo (25), informou a BBC. Elas foram alertadas pelos radicais islâmicos a não voltar à escola. Imediatamente após serem libertas, elas foram levadas de avião para a capital, Abuja, para exames médicos e de segurança, e para se encontrar com o presidente Muhammadu Buhari.

A pergunta que se faz é por que a menina cristã Leah Sharibu, de 15 anos, não foi incluída no acordo intermediado pelo governo para assegurar a libertação das estudantes. Disseram aos seus pais que os extremistas islâmicos não quiseram soltá-la porque ela se negou a renunciar a fé cristã – ela era a única cristã entre as meninas sequestradas de um internato em Dapchi. Semana passada, o governo garantiu que não iria poupar esforços para trazê-la de volta em segurança para seus pais.

A associação de advogados cristãos da Nigéria exigiu que o governo cumpra sua responsabilidade e defenda os princípios da constituição nigeriana. “Todo cidadão tem o direito de ser protegido, independentemente de gênero, cultura ou crença religiosa”, afirmou a associação, que pediu a libertação imediata de Leah e das meninas do Chibok ainda em poder do Boko Haram. Das 110 meninas sequestradas em Dapchi, 104 foram libertas, cinco morreram e uma (a cristã Leah) ainda está sob poder dos sequestradores.

Pedidos de oração

  • Interceda pela vida de Leah. Que o Senhor a guarde e livre de todo mal e que ela tenha certeza da presença e cuidado do Senhor.
  • Clame pela vida das 104 meninas libertas, para que sejam curadas de qualquer trauma que tenham sofrido.
  • Ore pela família das meninas mortas. Que recebam o consolo do Senhor.
  • Continue pedindo pelas meninas do Chibok que ainda estão em cativeiro.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||