Antigo cantor de rap encontra propósito em Jesus

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

27 de fevereiro de 2019.

O líder de igreja Nadhir (pseudônimo) é um antigo cantor de rap de 28 anos que levava uma vida de drogas, bebidas e festas. Mas ele abriu mão de tudo quando uma amizade acabou. Isso gerou uma virada em sua vida que o levou a seu chamado, mas também à rejeição de sua própria família. Há dez anos, Nadhir ainda frequentava a mesquita local no Norte da África. Mas por meio de um amigo de infância, ele abandonou isso e começou a cantar rap. Durante uma batalha de rap, um amigo disse uma coisa desagradável e Nadhir decidiu nunca mais vê-lo.

Mas o amigo pediu perdão e essa atitude mudou a vida de Nadhir. O amigo compartilhou sobre Jesus e ele queria ouvir mais. “É como se isso fosse o que eu estivesse procurando por toda a minha vida. Era isso que precisava. Eu precisava de Jesus”. A nova fé de Nadhir o mudou, e sua família percebeu. Ele parou de beber e ir a bares. Virou a página. A família ficou curiosa sobre seu novo comportamento. Nadhir disse à mãe que agora era cristão e ela não quis mais falar com ele. O pai disse: “Pegue todas as suas roupas e saia de casa. Não quero ver você de novo”. Além disso, o pai falou com os imãs – autoridades islâmicas - na mesquita local que o aconselharam a matar o filho.

Nadhir viveu na rua por um tempo, mas às vezes era abrigado por cristãos. Pouco tempo depois, começou a procurar na internet por outros cristãos no Norte da África. Ele os reuniu por meio de grupos em mídias sociais, onde podiam encorajar uns aos outros mesmo em meio a seu isolamento. Passado um tempo, Nadhir começou a fazer transmissões em uma estação de rádio online e permitiu o desenvolvimento de norte-africanos famintos pela palavra de Deus.

Para muitos cristãos ex-muçulmanos, membros da família são os piores perseguidores. Mas Nadhir tem esperança de se reconciliar com sua família depois de anos separados. “Meu pai me ligou depois que casei para dizer que lamentava”, contou também que disse ao pai que oraria por ele e que, a partir daquele momento, as coisas mudariam. “Nós agora somos amigos, rimos juntos e conversamos bastante”, afirma.

Nadhir ainda tem ambições: “No Norte da África, muitas pessoas gostam de se encontrar para tomar café. Eu sonho em montar uma cafeteria, onde possa compartilhar com muitas pessoas sobre Jesus”.  Recentemente, a Portas Abertas ofereceu ao cristão um microcrédito para impulsionar seu sonho de abrir a cafeteria.

Pedidos de oração

  • Ore em favor de Nadhir, para que o Senhor o ajude a abrir a cafeteria.
  • Apresente a família dele, para que possam se reconciliar e conhecer a Cristo.
  • Peça para que Deus use a vida de Nadhir para alcançar muitos norte-africanos, seja pelo rádio ou por meio da cafeteria.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||