Ahok em liberdade

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

24 de janeiro de 2019.

O antigo governador de Jacarta, conhecido como Ahok, que foi sentenciado em 2017 a dois anos de prisão por blasfêmia contra o islamismo, será solto hoje (24) da prisão, quatro meses antes do previsto. Ele foi o primeiro cristão de etnia chinesa a governar a capital da Indonésia desde os anos 1960. Confira trechos da carta, escrita antes de sua libertação:

Obrigado por suas orações e apoio. Em toda a minha vida, nunca recebi tanta comida, frutas, roupas, livros e outras coisas. Eu me senti tão amado e seu amor por mim é melhor que ouro e prata e outras riquezas.

Eu ouvi que alguns de vocês querem saudar minha liberdade em frente à Sede da Brigada Móvel do Exército (onde estava mantido como prisioneiro). É em uma quinta, que é um dia de trabalho. A rua em frente a prisão é o único caminho por onde as pessoas passam para o trabalho. Para manter a ordem pública e me ajudar, eu encorajo vocês a não fazerem uma manifestação especial.

Eu sou muito grato a Deus, o criador dos céus e da terra, por me permitir passar esse tempo na prisão. Eu sou grato por não ter sido eleito para governador de Jacarta em 2017. Se eu fosse eleito, teria me tornado um homem que controlaria a cidade. Mas aqui, eu aprendi a me controlar. Se eu pudesse voltar no tempo, escolheria ser mandado para a prisão para me controlar pelo resto da vida.

Se eu fosse eleito, teria apenas me tornado mais arrogante, rude e ferido mais pessoas. Eu gostaria de aproveitar a oportunidade para me desculpar com apoiadores, funcionários públicos de Jacarta e até mesmo com quem me odeia, por todas as coisas que eu tenha dito, atitudes e comportamentos que tenham ferido vocês ou suas famílias. Estou pedindo seu perdão e espero que quando sair da prisão, seja chamado de Basuki Tjahaya Purnama (BTP), e não mais Ahok.

A eleição presidencial e legislativa ocorrerá em 17 de abril de 2019. Eu insisto para que todos os meus apoiadores não se abstenham de votar. Precisamos votar em partidos políticos que defendam os quatro pilares da democracia da Indonésia, para que consigam 30% da proporção da Câmara de Representantes. 

Marchem adiante para verdade, humanidade e justiça.

Por favor, lembrem da história e razão de nossos pais fundadores construírem nossa nação.

Saudações,

BTP

Pedidos de oração

  • Agradeça ao Senhor pela libertação de Ahok.
  • Peça para que Deus use esse testemunho para edificação de outros cristãos.
  • Interceda pela igreja da Indonésia, para que ela cresça e muitos indonésios conheçam o amor de Cristo.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||