Agradeça a Deus pelos Centros de Esperança na Síria

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

02 de maio de 2019.

Internacionalmente reconhecida pela guerra civil que chega a oito anos, a Síria tem descoberto a cada dia novos motivos de esperança. O Pastor Abdallah* fala sobre a comida que ele está distribuindo no seu Centro de Esperança: “As pessoas não têm renda suficiente para arcar com as despesas de manutenção exigidas diariamente. Precisamos continuar a apoiá-los com pacotes de alimentos essenciais”.

Existem muitos voluntários que servem nos Centros de Esperança em toda a Síria. São jovens adultos, e também idosos, que servem ao povo sírio, de forma que sem sua ajuda e dedicação, os centros não funcionariam tão bem, e os sírios continuariam sem perspectiva de novos tempos para suas vidas e comunidades. Embora a guerra da Síria não esteja no noticiário diário, ela ainda não acabou. E, além disso, muitas pessoas ainda sofrem com as consequências da guerra.

"Depois que Alepo se tornou um lugar seguro novamente, os preços aumentaram dramaticamente, especialmente, os aluguéis”, diz o pastor Abdallah* sobre a situação das pessoas em sua cidade. “Muitas pessoas deslocadas que já foram donas de uma casa, agora estão gastando muito com aluguel, pois não podem voltar para sua casa ainda, ou nunca mais serão capazes de fazê-lo. As pessoas não têm renda suficiente para arcar com as despesas.”

Há uma equipe da Portas Abertas responsável pela coordenação do trabalho na Síria através das igrejas locais. A necessidade no país é grande, e isso significa que é preciso fazer escolhas sobre onde investir. Por exemplo, pacotes de alimentos estão sendo distribuídos com as igrejas locais, concentrando a distribuição a pessoas solitárias e doentes, idosos, famílias maiores sem sustento, viúvas sem familiares e famílias onde os membros têm doenças crônicas. Além disso, o foco também foi direcionado a projetos de geração de renda e em oferecer atividades nos Centros de Esperança.

No dia em que Amer Kadi*, de Alepo, recebeu um pacote de alimentos com o apoio da Portas Abertas, ele disse: “As condições se tornaram muito difíceis e, por essa razão, precisamos de ajuda. Seria muito difícil comprar toda essa comida. Esse trabalho faz uma grande diferença para nós. Há quatro de nós sendo beneficiados com esse pacote”.

Centros de Esperança em favor de crianças e jovens

Além desse cenário, é importante lembrar que, por toda a Síria, as crianças sofreram muito durante a guerra. Algumas delas perderam anos de escola e, além de crescerem em um ambiente ameaçador, tiveram que fugir de suas casas junto com seus pais. Mas, agora, muitas igrejas sírias oferecem atividades para as crianças, especialmente de recuperação escolar.

As atividades juvenis da igreja também são muito importantes na Síria. "Eu participei de reuniões de jovens por três anos", diz Toni*, um jovem de 20 anos de idade. “Ajudou-me a me aproximar de Deus, a amadurecer e, claro, nos ajudou a socializar. Por causa da cruel guerra, testemunhamos muita violência. As reuniões nos ajudaram a sermos cheios de amor uns pelos outros, por nossa cidade e por nosso país”.

Hanna*, de 21 anos, também diz: “Aqui eu descubro mais sobre Deus, e posso compartilhar isso com os outros. Para mim, minha fé e a vinda à igreja e às atividades são as coisas mais importantes da minha vida. Nós temos orado pela paz e eu realmente senti paz em meu coração. Estudar a Bíblia juntos também é muito importante”.

Ajude os irmãos sírios em suas necessidades básicas

A Portas Abertas, juntamente com as igrejas locais, tem feito a diferença na vida dos irmãos sírios que continuam vivendo em um cenário de guerra e precisam muito da nossa ajuda, em orações e doações. Por isso, se você pode ajudar, mobilize-se conosco e doe em prol da Campanha: Ajuda Emergencial para a Síria.

Pedidos de oração

  • Ore pelo fim de todos os combates na Síria. Ore para que os grupos envolvidos no conflito parem de lutar entre si. Ore também por todos os governos estrangeiros que desempenham um papel neste conflito, para que comecem a trabalhar pela paz, reconciliação e reconstrução do país.
  • Ore pelos colaboradores da Portas Abertas na Síria e pelos líderes das igrejas locais para que identifiquem e estabeleçam as prioridades de projetos corretamente.
  • Ore para que as crianças se recuperem de todo o sofrimento e sejam confortadas por Jesus, e para que os jovens sírios continuem a crescer em sua fé.

*Nomes alterados por segurança.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||