A perseguição islâmica à igreja

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

01 de fevereiro de 2019.

A revista deste mês de fevereiro apresenta a perseguição da igreja por extremistas islâmicos. Dos países do Top 10, oito têm o radicalismo islâmico como o principal inimigo dos cristãos. Na matéria principal, é exposto um resumo da realidade desses países. São eles: Afeganistão, Somália, Líbia, Paquistão, Sudão, Eritreia, Iêmen e Irã.

Na Frutos é possível conhecer a história de Mojtaba, um cristão iraniano de 51 anos, que conheceu a Cristo, mas passou anos em isolamento, sem poder frequentar uma igreja. Ele tinha apenas uma Bíblia, que às vezes lia por dez horas seguidas. Esta foi sua principal fonte de crescimento espiritual. A campanha de doação possibilita que um cristão desses países receba treinamento para ser capacitado a viver pela fé.

Na seção da Lista Mundial da Perseguição, é apresentado mais um país com severa perseguição de extremistas islâmicos, mas que geralmente é conhecido e lembrado por suas belas praias de areia branca e água cristalina. O arquipélago das Maldivas se mantém há anos entre os 15 piores países para ser cristão.

Revista Portas Abertas
Além disso, você ainda vai ter acesso a um perfil de quais as principais mudanças na Lista deste ano, devocional, pedidos de oração diários pela Igreja Perseguida e muito mais. Com apenas uma doação, você recebe uma edição por mês durante um ano. Faça a sua contribuição e fique ainda mais por dentro do que acontece aos nossos irmãos e irmãs perseguidas.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||