A jornada da jovem que perdeu toda a família em ataque

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

21 de junho de 2019.

Em 27 de setembro de 2018, toda a família da jovem Blessing Kogi estava em casa, reunida ao redor da mesa de jantar, por volta das 19h, em Jos, capital do estado de Plateau, na Nigéria. Eram, ao todo, 11 membros de sua família reunidos na casa da avó de Blessing, quando militantes fulani invadiram a casa e começaram a atirar aleatoriamente em todos. Dez pessoas morreram naquela noite, entre elas a mãe, a avó e uma tia de Blessing, além de seus três irmãos. Ela viu uma prima ser violentada sexualmente e depois morta.

Na noite do ataque, após levar dois tiros, Blessing ficou escondida por mais de uma hora embaixo da cama, sangrando. Somente quando ouviu a voz de vizinhos, saiu e foi levada ao hospital. Ela tinha feridas profundas no ombro e pescoço. Somente Blessing e uma prima sobreviveram, mas com ferimentos.

No primeiro encontro com nossos colaboradores, ela foi bem sincera sobre seus questionamentos: “O Salmo 121.3 diz: ‘Ele não permitirá que você tropece; o seu protetor se manterá alerta’. Se isso é verdade sobre meu Deus, onde ele estava naquela noite, quando nossa casa foi atacada e nove vidas foram tiradas? Por que Deus poupou a minha vida e tirou a vida de nove membros da minha família? Quando eu chegar ao céu, tenho muitas perguntas a fazer para Deus”.

Desde então, a Portas Abertas tem acompanhado a jovem, oferecendo aconselhamento pós-trauma e suporte financeiro para ajudá-la a terminar os estudos. E ela continua sendo sincera sobre sua luta: “A vida não tem sido fácil para mim desde a morte dos meus amados. Eu preciso de cura e conforto de Deus”. (Essa história continua).

Ajude cristãs vulneráveis na Nigéria
Assim como Blessing, que perdeu seus familiares, muitas viúvas da Nigéria ficam desamparadas ao perderem o marido em ataques violentos. Você pode ajudá-las, suprindo suas necessidades mais básicas, como de alimentos. Conheça a campanha e disponha-se a ajudar. Sua contribuição fará uma grande diferença na vida de nossas irmãs viúvas.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||