A esperança restaurada em meio à dor da tragédia

"Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

02 de julho de 2018.

 

No início de maio, três igrejas na cidade de Surabaia, na Indonésia, foram bombardeadas. Mais de 40 pessoas ficaram feridas e ao menos 15 morreram. Uma delas foi Daniel, um cristão de apenas 15 anos, que era guarda voluntário em uma das igrejas.

A Portas Abertas entrou em contato com a avó do jovem, Sumijah, de 69 anos. Ela quem criou Daniel e a irmã, Novi, desde que a única filha morreu. Todo seu amor e esperança eram destinados aos netos. Porém, ela conta que essa esperança foi tomada com a morte de Daniel. Apesar de ter morrido como herói, ela ficou devastada e em dor profunda.

Surpreendentemente, alguns dias depois, Sumijah recuperou sua motivação. “Eu ainda tenho uma neta. Se eu continuar lamentando ou chorando, o que me tornarei? Então, eu encho meu coração com as palavras de Deus. Não importa o quanto eu chore ou lamente, Daniel nunca voltará. Mas eu estarei com ele um dia. Eu não sei quando, pois não sabemos os planos e segredos de Deus”.

A dor ainda não passou, mas enquanto falava sobre Daniel, ela sabia que aquela esperança estava sendo restaurada. Que a sua oração possa alcançar as famílias das vítimas, para que sejam restauradas e reconfortadas. Ore pela recuperação dos que foram feridos e que os cristãos indonésios reflitam Cristo mesmo em meio à tragédia.

Fonte: Portas Abertas

voltar para Perseguições

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||