Trump nomeia como embaixadora dos EUA na ONU uma evangélica defensora de Israel

22 de janeiro de 2017.

 

Desde a campanha eleitoral que o novo presidente norte-americano Donald Trump tem vindo a anunciar constantemente o seu claro apoio a Israel.
Mas, promessas de políticos valem aquilo que valem. Pelo menos é assim que eles nos têm habituado. Contudo, com Trump, parece que as coisas irão ser diferentes. E ainda bem...
 
Nikki Haley, de 44 anos e atual governadora do estado da Carolina do Sul, filha de emigrantes oriundos da Índia, vai ser a próxima embaixadora a representar os EUA na ONU. Considerada como uma estrela em ascensão dentro do Partido Republicano, esta que é a mais jovem governadora de todo o país vai passar a ser a primeira mulher e a representante das "minorias" no governo de Donald Trump.
 
Apesar de ter nascido numa família praticante da religião sij, Haley converteu-se a Jesus durante a sua adolescência. Pertence atualmente a uma Igreja Metodista e recentemente lançou um livro sobre a sua jornada espiritual.
 
CONDENOU AS POLÍTICAS DE HUSSEIN OBAMA RELACIONADAS COM O MÉDIO ORIENTE
 
Sabe-se que esta nova embaixadora fez há poucos dias uma acesa defesa de Israel e um duro ataque às políticas de Obama, muito especial o seu acordo nuclear com o Irã.
 
O anúncio da eleição desta mulher para as Nações Unidas foi já bem recebido pelo embaixador de Israel na ONU Danny Danon, ao mesmo tempo que o representante palestiniano já se queixou, conhecendo as posições pró-Israel desta nova embaixadora, assegurando no entanto que esperará pelos primeiros anúncios.
 
E é já durante este mês de Janeiro que Nikki Haley vai ter a sua primeira oportunidade para influenciar os votos dos EUA na ONU, a mesma organização que recentemente aprovou mais algumas resoluções contra Israel. Apesar de ela ser favorável à "solução 2 estados", ela mesmo assim aprova a deslocação da embaixada norte-americana para Jerusalém, a capital de Israel. 
 
A eleição desta mulher é um forte golpe contra o lobby árabe na ONU que tenta a todo o custo forçar o reconhecimento da "Palestina" como nação independente e a divisão da Cidade santa de Jerusalém. 
 
Trump começa bem. Deus queira que se mantenha nesta rota...
 
Fonte: Shalom, Israel!

Comentários

Pastor Gediao em 23/01/2017 09:05:20
Meus irmaos, querendo Trump e os demais ajudar ou nao Israel, Deus fara o que lhe apraz para o bem de Israel. Deus è Deus. Repito Deus è soberano acima de todas as coisas. pastor Gediao
Carlos em 23/01/2017 02:29:39
Os árabes nao entenderam uma coisa:: terra Palestina nunca existiu.,,povo Palestino nunca existiu....são apenas árabes islamicos ainda por cima!!!Palestina! é invenção romana!! E Jerusalém é indivisível e pertence apenas a Israel, assim como toda a Canaã,, a qual os árabes estão ocupando por serem invasores!!!
João Duarte em 22/01/2017 19:00:25
É de admirar, antes mesmo de começar no cargo, a embaixadora tem conhecimentos "secundários" sobre a promessa e a origem da Nação de Israel. Ela deve ler a promessa e as promessas que Deus fez a Abraão sobre a terra dos Hebreus/Canaã.
Quanto a "solução 2 estados", no modo de pensar da nomeada, é simples: imaginemos o Estado do Amazonas sendo dividido em "2 estados" ou Brasil sendo saqueado de um Estado, só por que mora estrangeiros no local?
É fácil dividir algo que não é nosso. Infelizmente os árabes não tem nada haver com Israel, quanto mais Jerusalém.
A quem Deus deu a terra de Canaã? Para quem é a promessa? Por acaso tinha mesquita ali, no tempos do Senhor Jesus, sobre a terra? Quando foi a mesquita fundada? Quando nasceu o Islã/Islan?
Quando responder estas perguntas, é certo que pensará o contrário, pois o povo judeu tem uma terra que de fato pertence ao Senhor nosso Deus.
Temos que orar, para que a nova Embaixadora busque do Senhor uma nova direção, isto é, a direção certa.
Deus à abençoe.



Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||